José Aldo é nocauteado por Holloway no UFC 212 e fica sem cinturão

Max Holloway disse que não viria à toa ao Brasil. E provou isto neste sábado (3). Em combate válido pelo UFC 212, no Rio de Janeiro, o havaiano surpreendeu José Aldo dentro de sua própria casa e unificou os cinturões dos penas (até 65,8 kg), se tornando, assim, o campeão linear da organização comandada por Dana White.


Essa foi a 11º vitória seguida de Holloway na organização. Antes de nocautear o brasileiro, o havaiano já havia derrotado nomes como do ex-campeão dos leves Anthony Pettis, Ricardo Lamas, Jeremy Sthepens, Charles do Bronx e Cub Swanson.

Com a derrota, Aldo falha em sua primeira defesa de cinturão após a derrota para Conor McGregor. Depois do revés para o irlandês, o brasileiro foi campeão interino ao derrotar pela segunda vez Frankie Edgar e se tornou novamente dono do título linear após o falastrão europeu abandonar a categoria.

Antes disso, o brasileiro havia feito sete defesas com sucesso na divisão dos penas, sendo parado apenas para Conor, na luta que durou apenas 13 segundos, em dezembro de 2015, sua única derrota no UFC até aquele momento.

A dúvida agora é se o brasileiro seguirá nos penas. A ideia de Aldo era subir aos pesos-leves e, principalmente, fazer superlutas dentro da organização. A derrota, no entanto, o deixa em situação complicada, perdendo força para fazer exigências com Dana White e os novos donos do UFC.

Confira todos os resultados do UFC 212

CARD PRINCIPAL

Max Holloway venceu José Aldo por nocaute técnico aos 4min13s do 3º round

Cláudia Gadelha finalizou Karolina Kowalkiewicz aos 3min03s do 1º round

Vitor Belfort venceu Nate Marquardt por decisão unânime (triplo 29-28)

Borrachinha venceu Oluwale Bamgbose por nocaute técnico com 1min06s do 2º round

Yancy Medeiros venceu Erick Silva por nocaute técnico aos 2m01s do 2º round

 CARD PRELIMINAR

Raphael Assunção venceu Marlon Moraes por decisão dividida (28-29, 29-28 e 29-28 )

Antônio Cara de Sapato finalizou Eric Spicely aos 3min49s do 2º round

Matthew Lopez venceu Jhonny Eduardo por nocaute técnico aos 2min57s do 1º round

Brian Kelleher finalizou Iuri Marajó aos 1min48s do 1º round

Viviane Sucuri venceu Jamie Moyle por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27)

Luan Chagas finalizou Jim Wallhead aos 4min48s do 2º round

Deixe uma resposta