Enquanto a população se espreme nas filas e mendiga atendimento na saúde a prefeitura, vergonhosamente, abre crédito suplementar para patrocinar Arraial privado.

A Prefeitura de São Luís abriu no Orçamento Fiscal do Município, Crédito Suplementar de R$ 1.080.00,00 milhão em favor da Secretária Municipal de Cultura (SECULT). O decreto de Nª 49.084 foi assinado no dia 19 de maio pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) e pelo secretário de governo, Luiz Carlos Lula Filho.

O decreto entrou em vigor na última quinta-feira, (25), após publicação no Diário Oficial do Município de São Luís (DOM-SLZ).

O recurso colocado à disposição da secretaria teve como fim patrocinar o arraial “Pertinho de Você”, evento privado do presidente da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), Astro de Ogum (PR), localizado ao lado da casa de Show Batuque Brasil, no bairro Cohama.

E mais um,a vez a empresa responsável pelo recebimento do recurso foi o instituto lógica, é lógico,  aquele fundado por Itamilson Corrêa Lima  atual diretor da CMLS. A entidade, de origem suspeita, já foi alvo de diversas críticas em diversos sites de notícias pela estreita ligação de seus responsáveis com o presidente do legislativo, o que possivelmente deve explicar os R$ 2.990.600,00 recebidos da prefeitura só esse ano e os mais de 9 milhões em menos de 3 anos. E pasmem! a prefeitura, alegando dificuldades financeiras,  glosou 2 milhões de reais do orçamento da saúde.

idosos

Segundo o blog do Maldine Vieira o valor R$ 1.080.00,00 (um milhão e oitenta mil reais), seguindo um rito mais rápido que a velocidade da luz,   já foi repassado aos cofres da entidade. No entanto, devido à pouca transparência do portal, ou coincidência “divina”, não foi possível verificar o dia que o repasse foi realizado.

A abertura de credito suplementar foi realizado numa sexta-feira (19) e, de acordo com o art 3ª da lei Nª 6.147 de dezembro de 2016 e logo na segunda-feira, 22, a SECULT contratou a entidade por meio de inexigibilidade de processo licitatório, quando não há possibilidade de competição para outras empresas. O contrato foi assinado e encaminhado para publicação. Coincidentemente, a publicação que validou o decreto, ocorreu na quinta-feira, 25, um dia antes da publicação do extrato de contrato, que ocorreu na sexta, 26.

Ainda segundo Maldine, todo o tramite, que durou menos de 10 dias, pode ter ocorrido sob pressão de Astro de Ogum, uma vez que no próprio contrato consta como prazo de vigência as datas de 13 de Junho a 13 julho, não havendo assim, motivos ou necessidades para o imediato repasse do recurso ao instituto. Enfim, uma armação recheada de falhas e “coincidências”

5 comentários em Enquanto a população se espreme nas filas e mendiga atendimento na saúde a prefeitura, vergonhosamente, abre crédito suplementar para patrocinar Arraial privado.

  1. Mauro Bordalo // 07/06/2017 às 11:01 am // Responder

    Até quando o povo idolatrará em uma verdadeira simbiose esses políticos descomprometidos com as questões essenciais??

    • Alan Ramalho // 07/06/2017 às 12:21 pm // Responder

      Enquanto durar essa segregação através do poder econômico e pela sonegação de informações. O povo está refém

  2. Essa é a cara desse prefeito que se diz evangélico. Quem ama Cristo não maltrata o povo.

  3. Esse Instituto deve ter dedo do prefeito, não é possível jogar tanto dinheiro numa farda dessa enquanto o povo morre na porta dos socorrinhos.

  4. Os blocos e escolas campeãs do carnaval 2017 até agora não receberam os valores da premiação. O cache foi se 6 e 4 mil reais, onde foi o restante dos 2 milhões liberados pro carnaval? Aí tem!

Deixe uma resposta