Belo exemplo: Senado aprova projeto que dá estabilidade no emprego pra quem tem câncer

O senado aprovou o projeto que garante o emprego por até um ano ao segurado da Previdência Social que teve ou tem câncer. O PLS 14/2017 de autoria do Senador Eduardo Amorim do PSDB/SE. Se não houver recurso ao Plenário, ele segue para a Câmara, e se o projeto for aprovado e virar lei, o empregado que deixa de receber o auxílio doença vai ter garantida a volta ao trabalho, ou seja, ele não poderá ser demitido. No entender dos senadores o paciente de câncer já passa por um momento difícil da vida e não deveria ter mais um sofrimento com a perda do emprego.

Hoje em dia o TST já determina a reintegração quando o empregado que tem câncer é demitido, mas se o projeto virar lei ninguém mais precisará enfrentar a letargia da justiça para garantir seu trabalho, alguns juízes chegam a determinar a continuidade do plano de saúde pra não haver interrupção do tratamento.

Deixe uma resposta