Rapidinhas…

O deputado estadual Bira do Pindaré, por conta de disputa interna que trava com o Senador Roberto Rocha pelo controle do PSB, sugeriu a saída dele do partido. “O lugar dele é qualquer outro lugar, menos aqui no PSB. Essa é minha visão em relação a este indivíduo. Espero que ele tenha o bom senso e perceba que não tem ambiente pra ele no PSB”, disse o deputado em entrevista ao programa “Bom Dia, Maranhão”, da TV Difusora.

🎯
O juiz José Jorge Figueiredo dos Anjo, titular da 3ª Vara da Fazenda Pública de São Luís, extinguiu, por ausência de pressupostos processuais, uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa em que figuravam como réus o deputado federal Weverton Rocha (PDT) e outras três pessoas, além da Maresia Construções Ltda. O caso refere-se à reforma do ginásio Costa Rodrigues quando o pedetista era secretário de Estado do Esporte e Lazer.

🎯
O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, fará a prestação de contas do quadrimestre, de sua gestão, amanhã, na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Maranhão. A presença de Lula no Legislativo ocorre uma semana depois de ganhar repercussão nacional, o escândalo do aluguel e reforma do prédio onde funcionou a antiga Clínica Eldorado.

🎯
A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) vai duplicar o gasto com aluguel. Atualmente, o órgão  paga R$ 20 mil por mês pela locação de um imóvel na Avenida Borborema, no bairro do Calhau. Mas o atual prédio, já não serve mais para a Emserh. Por isso, o órgão decidiu alugar um outro imóvel, na mesma avenida, e pagar por ele R$ 47 mil.

🎯                                                                                     Foi protocolada junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra a lei municipal n° 429/2016, que proibiu o funcionamento de serviços de transporte individual em veículos particulares cadastrados por aplicativos, como o UBER, em São Luís. A confirmação foi feita pela promotora de Defesa do Consumidor, Litia Cavalcanti.

🎯                                                                                                 O vereador Honorato Fernandes (PT) até hoje não conseguiu explicar o destino dado aos 398 mil reais referente a uma emenda de sua autoria em favor da Associação Comunitária SEMEAR para a realização do I Festival Lazer e Turismo do Jardim Tropical I. Embora notificado reiteradamente pela Secretaria Municipal de Turismo, o parlamentar ainda não conseguiu esclarecer o sumiço, sem execução da finalidade, do expressivo valor. Detalharemos esse assunto intrigante em matéria próxima.

Deixe uma resposta