Saúde municipal paga salários atrasados de temporários e secretário Lula Fylho avança na solução para marcação de consultas 

A secretaria de saúde do município pagou, como prometido pelo secretário Lula Fylho, 2 dos três meses atrasados para os funcionários temporários. Foram mais de 800 profissionais da saúde comtemplados e ainda segundo o secretário até o mês de outubro a folha estará regularmente em dia. 

Esses atrasos que vinham acontecendo a cerca de um ano, chegando agora a três meses, estavam sendo provocados por uma folha encharcada e com muitos contratados que não trabalhavam. Uma auditoria detalhada acusou esssas irregularidades, houve afastamento dos encostados e redução de alguns serviços em excesso. A partir daí a possibilidade do pagamentos dos atrasados ficou evidente e aconteceu conforme havia prometido o secretário.


Outro gargalo antigo na saúde municipal é a questão da marcação de consultas. Uma equipe técnica foi designada no sentido de encontrar soluções e tem avançado muito na direção de uma situação mais célere e confortável para a população na questão dessas marcações. “Não existe mágica, temos que arregaçar as mangas, conhecer as demandas, enfrentar os problemas e buscarmos as soluções, só funciona assim” enfatizou Lula Fylho

Deixe uma resposta