Preocupados com o avanço de Osmar Filho na corrida pela presidência da câmara, Honorato e Astro ameaçam deixar o governo Edivaldo

O crescimento vertical da candidatura do vereador Osmar Filho à presidência da câmara municipal, bem como o surgimento de uma terceira via, composta por uma ala insatisfeita com os desmandos e tratamento desigual do presidente, tem tirado o sono do vereador Astro de Ogum e do seu fiel escudeiro, vereador Honorato Fernandes, embora ele, Astro de Ogum, tenha dito , em acordo feito no pleito passado, que não concorreria a reeleição e que Osmar Filho seria seu sucessor natural.

O clima tem sido de intensa  preocupação  pra essa dupla, haja vista as inúmeras irregularidades cometidas por ambos e a investida forte do Ministério Público, que investiga com pente fino as contratações, folhas e principalmente inativos da câmara municipal de São Luís. Perder  a presidência e uma suposta blindagem num momento desses, é algo que tem deixado o presidente, e seus principais aliados, muitas noites em claro. Na verdade, para o presidente da Câmara, a presidência da casa é uma área onde a lei não chega, pelo menos para importunar. Ledo engano, existem mais coisas entre o céu e a terra …  E uma coisa é certa, quem procura acha!

Honorato Fernandes, por sua vez, convocou para o dia 27 de setembro uma reunião da cúpula do PT e em pauta estava exatamente a relação do partido com o prefeito Edivaldo Holanda e o PDT.  Fonte segura de dentro do partido nos afirmou que não tem mais clima de convivência com o PDT, partido do vereador Osmar Filho, e que o o PT tem que tomar uma atitude mais radical, deixar de ser coadjuvante. É sempre bom lembrar que é o PT quem comanda a pasta da FUNC,  administrada pelo ex vereador Marlon Botão, que tem cometido uma série de atropelos ao cumprimento das leis e obedece cegamente a dupla. Como algumas peças importantes do PT não puderam comparecer, a reunião foi remarcada para 27 deste mês, com a mesma pauta.

Como se já não bastassem as centenas de cargos que o presidente  e os seus mais próximos desfrutam na câmara e órgãos públicos municipais, acaba de ser descoberta uma resolução interna, onde o Presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum criou monocraticamente dezenas de cargos comissionados com valores que variam entre 3 e 10 mil reais para atender seus “aliados” de primeira linha. Tudo isso sem o conhecimento dos vereadores, pelo menos dos considerados comuns. Tudo Feito às escuras, e escuridão é cenário perfeito para crimes. A sorte está lançada, agora é pagar pra ver.

4 comentários em Preocupados com o avanço de Osmar Filho na corrida pela presidência da câmara, Honorato e Astro ameaçam deixar o governo Edivaldo

  1. Só chantagem, quem não conhece que compra.

  2. Vai explodir uma bomba atômica nessa câmara com essa questão dos inativos. Muita gente que aposentou com declaração falsa, sem recolhimento e nem tempo. A casa caiu!!

  3. Cadê os 3398 mil da emenda de Honorato? O gato comeu?

  4. Esse Astro quer mamar em tudo e agora tá sentindo que a casa dele… caiu! Kkkkkk

Deixe uma resposta