Sem Muralha, Vizeu inspirado e César pegando pênalti, Fla vai à final continental após 16 anos

O Flamengo está na final da Copa Sul-Americana. Em um jogo complicado, o Rubro-negro voltou a vencer o Junior Barranquilla-COL, nesta quinta-feira (30), no estádio Metropolitano Roberto Meléndez. O triunfo por 2 a 0 – gols de Felipe Vizeu – colocou os cariocas em uma decisão continental após 16 anos de jejum. O adversário será o Independiente-ARG. A primeira partida, inclusive, acontece já na próxima quarta-feira (6), em Avellaneda. A finalíssima está marcada para o dia 13, no Maracanã.

A semifinal ficou marcada pela barração do criticado goleiro Alex Muralha. Ele nem sequer ficou no banco de reservas. César foi o responsável por defender a meta rubro-negra e teve boa atuação apesar dos quase dois anos de inatividade. O goleiro defendeu um pênalti no final da partida e garantiu o resultado positivo.

A última vez em que o Flamengo disputou um título continental foi em 2001. Na ocasião, acabou com o vice-campeonato da Copa Mercosul. Na final, o San Lorenzo-ARG levou a melhor. Em 1999, o Rubro-negro venceu o Palmeiras e garantiu título do mesmo torneio. Foram os últimos momentos de glória na América do Sul, algo que o clube e seus torcedores sonham em retomar nas próximas duas semanas.

Deixe uma resposta