Deputado Rogério Cafeteira se excede e tem resposta à altura por calúnias e ameaças a jornalista

O deputado Estadual Rogerio Cafeteira perdeu a linha e se excedeu em ameaças e formas pejorativas que se dirigiu contra o jornalista Bruno Florentino, diretor do jornal impresso “O Portal”.

Ao afirmar, em matéria publicada em 02 de janeiro, que o deputado Rogério não cumpriu com promessas feitas no município de Estreito, foi o bastante para o parlamentar partir pra cima do jornalista, chegando inclusive a chamá-lo de lixo e marginal( veja print da conversa abaixo).

O jornalista, ofendido no cumprimento de suas atribuições, respondeu à altura através de nota como segue na íntegra:

“Opa! Então vc é um deputado?

Deputado que chama um Jornalista de MARGINAL?

Deputado que está com medo de perder a vida boa e o dinheiro fácil que vem de deputado?

Mantenha calma!

Tenha respeito pelas pessoas. Pessoas essas que só estão cumprindo o dever de cidadão que é de cobrar as PROMESSAS feitas em CAMPANHAS por vcs.

Rogério Cafeteira, tenha mais respeito e comprometimento com seus eleitores.

Vc tem provas de que o jornalista Bruno Florentino é MARGINAL?

Se tiver, então procure o judiciário. Essa de ficar julgando sem provas é errado.

Vc como deputado tem que cumprir as promessas que está fazendo. Não tem essa de ficar enganando o povo só pra ter a vida boa de deputado. Será se vc não tem capacidade de trabalhar e quer a qualquer custo ganhar as eleições?

Me envergonha um candidato com esse seu desespero ameaçar as pessoas.

Como jornalista e cidadão registrarei um BO para me prevenir desse tipo de ameaças e calúnias.

Deputado tem vida boa, né? Quanto desespero esse teu de não conseguir se reeleger!

Passar bem, deputado. E deixe de ameaças e calúnias contra as pessoas de bem que trabalham e não usa de artimanhas para conseguir o pão de cada dia. Até pq a sua única função é de cumprir com as promessas e não ficar caluniando um cidadão de bem.

Eu não lhe desejo boa sorte nas eleições, um ser humano como vc não merece reeleição. Ainda bem que nós, cidadãos, pudemos saber quem realmente é vc. Uma ovelha vestido de lobo.”

Atenciosamente,

Bruno Florentino

Jornalista DRT/ 1782- MA

“Ovelha vestido de Lobo” se não foi um trocadilho, foi capciosa essa afirmação. Agora é aguardar até onde vai esse imbróglio.

Deixe uma resposta