Hospital Veterinário Universitário da UEMA além de cobrança indevida, fere a lei da transparência e não disponibiliza movimentação financeira no portal

O Hospital Universitário Veterinário “Francisco Edilberto Uchoa Lopes” da UEMA,  faz, segundo a Associação de clínicos veterinários de pequenos animais do Maranhão – ANCLIVEPA, cobranças indevidas por consultas e procedimentos , promovendo uma concorrência desleal, e arbitrária, visto que, o Hospital Veterinário Universitário não tem despesas com logística estrutural e pessoal e pertence a um órgão público. O preço, segundo a ANCLIVEPA,  é 30% abaixo do preço cobrado pelas clínicas veterinárias particulares.

O mais grave dessa situação é a falta de transparência dada aos vultuosos valores que passam todos os dias pelo financeiro do HOVET. A Fundação da Universidade Estadual, não tem nenhuma ascendência e também nenhuma informação sobre esses assuntos que envolvem o financeiro do HOVET. Essa falta de informação e a maneira como transcorre, ou melhor, não transcorre, a movimentação dos recursos que passam por aquela entidade, põem em cheque a própria Lei da Transparência que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e determina a disponibilização, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

IMG_4856

Nas cobranças feitas pelo HOVET, os usuários pagam em espécie e  sequer recebem notas fiscais, somente um recibo eletrônico e nunca se tomou conhecimento de qualquer portaria acordando pagamento para professores dedicação exclusiva que prestam serviços no HOVET. Apesar de reiteradas solicitações da ANCLIVEPA  para uma reunião esclarecedora, o Reitor da UEMA, Gustavo Pereira da Costa, jamais fez qualquer aceno , reunindo-se na verdade com a direção do HOVET sem dar transparência sobre o teor da reunião. O blog não discute a qualidade e importância de um serviço vital para a população, e prestado com a atenção profissional devida, discute sim, a legalidade e o desvio de finalidade e até mesmo de conduta observados em grupos que comandam esse órgão.

Francisca Neide Costa

A presidenta do CRMV-MA, Srª Francisca Neide Costa, também foi por diversas vezes provocada através de ofício a se manifestar em favor da classe, porém nunca deu qualquer valor ou importância que essa grave situação requer. Ao contrario, sempre manifestou-se como advogada de defesa do HOVET, visto que ela é diretora do Centro de Ciências agrárias da UEMA, órgão que administra diretamente o HOVET.

Leiam na íntegra o manifesto da ANCLIVEPA feito para a Comunidade Universitária e Reitoria da UEMA e tirem suas conclusões.

IMG_4857

4 comentários em Hospital Veterinário Universitário da UEMA além de cobrança indevida, fere a lei da transparência e não disponibiliza movimentação financeira no portal

  1. Pra quem olha de fora, é fácil criticar o hospital. Mas quem conhece, de perto sabe da realidade dele. Há anos atrás o hospital era minúsculo e não atendia como hoje, que possui especialistas, laboratórios, organização e estrutura. Observem a UEMA num geral, sem asfalto, prédios velhos, cai uma gota de chuva, pronto: Falta energia. O hospital não, tem gerador de energia, calçamento, painel eletrônico evitando tumultos e bagunça. Se por estar em um espaço público ele não pode cobrar, pq então o RU da Universidade Federal cobra? É claro e evidente o interesse de pessoas ligadas à ANCLIVEPA em denegrir a imagem do hospital, pois ele, por sua qualidade e preço em conta a quem não tem tanta condição, atrai os clientes da clinica. Não esperem a mesma qualidade no caso de hospital ser público, isso é impossível. O preço, abaixo do valor de mercado é importantíssimo manter a estrutura maravilhosa que o hospital tem, para continuar sendo fonte de renda para os funcionários e também, para que ele se mantenha com todos os recursos bons, novos e aptos para que os estudantes aprendam da forma certa. No mais, é conhecer para saber e aprender a respeitar as pessoas, como exemplo a Professora Neide, que é um exemplo de profissional, sensata e coesa.

  2. Essa turma de Flávio Dino bota é pra moer. Onde tem dinheiro tem falcatrua. Onde já se viu cobrar consultas e procedimentos em hospital público, já pensou se a moda pega? MP neles!

  3. Os preços do hospital veterinário da UEMA são muito mais baixos que os de uma clínica particular. Levo minha cachorra em uma clínica particular onde a consulta é 100 reais, enquanto na UEMA é 30. E digo uma coisa: o atendimento na UEMA é tão bom quanto. O hospital não recebe ajuda nenhuma do governo para se manter, como iam oferecer qualquer serviço de graca? Querem que os veterinários trabalhem de graca pagando suas contas com amor? Querem que os fornecedores mandem remédios e materiais de graca? Ah me poupe

  4. Vc é uma é uma inocente útil , quem paga , Aqua , luz e professor , e aluno de graça , servicos gerais , quem paga e o Estado , e tem doações de deputados , receberam 250 mil, então tem de ser de graça de pessoas de baixa renda , quem tem condição tem que ser sim cobrado tabelado com a Tabela da Anclivepa do mercado .
    Aluna da escola 👏

Deixe uma resposta