Vereadores visitam MPMA e discutem parcerias e projetos para São Luís

Acompanhado do Vereador Raimundo Penha (PDT), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho(PDT) visita e abre importante diálogo com Ministério Público Estadual.

Como parte das novas diretrizes da gestão, e com propósito de ordenar propostas em beneficio da capital maranhense, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Vereador Osmar Filho e o vereador Raimundo Penha, (ambos do PDT), fizeram uma visita à sede da Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão (PGJ), na manhã desta terça-feira (12).

Juntamente com o procurador da Casa, Victor Cardoso, os parlamentares teceram demandas adequadas em prol da cidade e discutiram com o procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, medidas urgentes que envolvam e unam as duas instituições. Durante a pauta, o presidente da Câmara, vereador Osmar Filho, celebrou a cortesia e harmonia entre as esferas de Poder.

‘’Discutimos a importância de projetos voltados para os que mais precisam. Seguiremos trabalhando de forma harmoniosa com todos os Poderes, para fazer de São Luís, uma cidade cada vez melhor. Agradeço o procurador pela acolhida e receptividade’’, destacou o presidente.

O encontro fortaleceu agendas importantes e específicas, como a celeridade na doação do prédio Solar do Ribeirão, a ser feita pela Prefeitura de São Luís e que precisa da aprovação do colegiado de vereadores.

Outro destaque foi proposta das Promotorias de Justiça descentralizadas, onde, o apoio do Parlamento Ludovicense é fundamental na concessão de um imóvel na zona rural para instalação do projeto. O vereador Raimundo Penha ressaltou a importância do encontro e enalteceu a parceria com a entidade.

‘’Nos foi apresentado um projeto que busca tornar a Justiça mais acessível para os cidadãos, que vão poder contar com atendimento do Ministério Público em vários pontos da cidade. Ótima iniciativa que com certeza vai trazer mais dignidade e ajudar a garantir os direitos dos ludovicenses!’’, finalizou o vereador.

Deixe uma resposta